www.sem-idade.com
Portal do Avô - home homequem somoscomo anunciarnewslettercontactos
Directório de Serviços DEZ 17


Últimos Anunciantes:

    NOTÍCIAS



Idosos navegam cada vez mais na internet


Data:  26-04-2009     Fonte:  JPN



  A terceira idade foi o grupo etário com maior crescimento na utilização da internet em 2008. Tema está a ser debatido, em Madrid, no Congresso Internacional da Web.

   A terceira idade, com destaque para as pessoas com 70 anos ou mais, é o grupo etário com maior crescimento na utilização da internet. Quem o diz são especialistas presentes no 18.º Congresso Internacional da World Wide Web, certame que se propõe a discutir questões técnicas e cenários de futuro.

   Segundo estudos norte-americanos, quase metade dos idosos entre os 70 e os 75 anos usaram a internet de forma regular no último ano, cerca do dobro do valor registado em 2007. Os especialistas defendem, contudo, que há uma discrepância entre o interesse dos cidadãos séniores pela internet e a atenção que lhes é dada no contexto da utilização de novas tecnologias.

   A questão assume especial importância nos países europeus face à evolução demográfica da população, ou seja, o envelhecimento demográfico irá traduzir-se num aumento do número de idosos que utilizam a internet. Esta situação cria desafios novos que, e ainda segundo especialistas presentes em Madrid, precisam de ser abordados.

   Ana Veloso, professora auxiliar no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro (UA), considera "haver um défice de produtos próprios para esta faixa etária". Ou seja, "conteúdos com pouca ou nenhuma preocupação com as limitações físicas e de literacia dos cidadãos séniores", exemplifica a docente ao JPN.

   Co-autora de um projecto na área das novas tecnologias na terceira idade - "é uma espécie de rede social" - , a especialista critica o afastamento da internet em relação aos idosos. "A web foi-se desenvolvendo num paradigma muito minimal e esqueceu-se de quem gostaria de entrar mas não tem ajuda ou tempo de habituação", diz Ana Veloso.

   A investigadora da UA argumenta também que é preciso "ter em conta os conteúdos" para ajudar os idosos a "quebrar a solidão via comunicação mediada pela tecnologia". "As pessoas precisam de ter alguém", conclui.

   Idosos utilizam internet "para contactar amigos e familiares"

   Em Portugal, começam a surgir gradualmente algumas iniciativas que procuram fazer a ponte entre a terceira idade e as novas tecnologias. É o caso da Universidade Sénior Contemporânea (USC), um projecto que abriu, há dois anos, uma turma de informática, para fornecer bases, e uma segunda de internet, para alunos mais avançados.

   "A procura foi imensa, hoje temos 111 alunos", assegura Artur Filipe dos Santos, um dos fundadores da USC. A utilização que os alunos séniores fazem é, sobretudo, "para contactar amigos e familiares" e muitas vezes são "os filhos dos alunos a motivar os pais para se manterem actualizados".

   Um site dirigido ao público sénior, blogues, um canal de televisão online (projecto único na Europa) e um serviço de podcasting são alguns dos projectos desenvolvidos pela USC na área das novas tecnologias concebidas para a terceira idade Artur Filipe dos Santos defende que estas plataformas servem "para divulgar o que se faz de melhor e para motivar os alunos para as novas tecnologias" para que "nunca virem costas ao conhecimento".


<< Notícia anterior               Notícia 139 de 228               próxima Notícia >>


 
Informações Úteis Agenda de Eventos Publicidade

Hospitais Públicos Centros de Saúde Farmácias Serviço Emergências Associações Bibliotecas Museus Parques e Jardins Legislação Pessoas Desaparecidas