www.sem-idade.com
Portal do Avô - home homequem somoscomo anunciarnewslettercontactos
Directório de Serviços DEZ 17


Últimos Anunciantes:

    NOTÍCIAS



Segurança rodoviária dos oito aos oitenta


Data:  07-02-2011     Fonte:  Correio do Minho



  Quarenta e quatro por cento dos peões que morrem, em Portugal, vítimas de atropelamento são idosos.

Mas há cifras ainda mais negras: 72 por cento dos seniores com idade igual ou superior a 65 anos que são vítimas de acidentes de viação acabam por morrer nos hospitais nos 30 dias posteriores ao sinistro.

No distrito de Braga, os números dos primeiros seis meses de 2010 dão conta de 16 vítimas mortais por atropelamento.

Os idosos representam também cerca de um terço dos feridos graves.

Para tentar travar esta mortalidade e índice de gravidade, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) lançou, a semana passada, uma campanha dirigida aos séniores.

A tendência é para o aumento da população idosa. Por isso, "importa estar particularmente atento às condições de segurança e mobilidade deste grupo", refere a ANSR.

A campanha inclui brochuras com algumas regras de segurança rodoviária.

Depois do lançamento da campanha, em Oeiras, ela pretende chegar a todo o país.

O Governo Civil de Braga deve receber, ainda no corrente mês, as brochuras da ANSR para distribuir pelos vários concelhos do distrito.

José Ferreira Lopes, chefe de gabinete do governador civil e porta-voz do Conselho Coordenador Distrital de Segurança Rodoviária, avança que os municípios, nomeadamente através das Juntas de freguesia, serão os interlocutores para levar os conselhos de segurança rodoviária à população sénior.

Para reduzir o número de atropelamentos, o Governo Civil de Braga já iniciou, o ano passado, a distribuição de braçadeiras reflectoras para os idosos utilizarem quando andarem na estrada.

Esta distribuição de braçadeiras tem contado com a adesão dos párocos que ‘abraçaram’ a iniciativa.

"Este é um trabalho para continuar" garante José Ferreira Lopes que aponta também outras acções concretas dirigidas aos idosos em matéria de segurança rodoviária.

Uma das acções poderá passar por uma articulação com as empresas de transportes colectivos, de modo a fazer chegar a sensibilização ao maior número possível de seniores.

A ANSR defende a actualização, aperfeiçoamento e formação dos condutores; a realização de controlos médicos regulares, bem como intervenções ao nível do design dos veículos, das infraestruturas e dos equipamentos rodoviários de forma a beneficiar este grupo de utentes.

De acordo com a Autoridade, "os custos da implementação de medidas nas diversas áreas "diluem-se quando comparados com os gastos associados à sinistralidade".

Ver e ser visto quando vai na estrada

De noite, quem circula na estrada a pé deve usar material reflector ou luminoso, pois é muito importante ver e ser visto. Este é apenas um dos muitos conselhos que constam da brochura que a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária quer fazer chegar aos idosos.

A quem o tempo vai roubando algumas faculdades, a ANSR lembra que "a visão é o seu maior aliado. Por isso, se precisar de óculos, use-os". Rever as regras de segurança é importante. Os seniores podem aproveitar os conhecimentos que os netos trazem da escola, aplicando-os no dia-a-dia.

Atravessar a rua a direito e sem correr é outra recomendação, até porque em diagonal demora mais tempo. No momento de atravessar a estrada, deve procurar fazê-lo sempre numa passadeira, por ser mais seguro.

É mais seguro, mas requer algumas cautelas. Se o sinal para peões começar a piscar ou mudar para vermelho, espere pelo sinal verde para atravessar em segurança. Não atravesse entre viaturas estacionadas, pois os condutores não estão à espera que surja um peão e pode dar-se o atropelamento. Não beber álcool em excesso, principalmente se toma medicamentos é outro conselho. Quando circular na estrada, deve fazê-lo sempre pelo lado de dentro dos passeios. Nas bermas caminhe de frente para os veículos.


<< Notícia anterior               Notícia 77 de 228               próxima Notícia >>


 
Informações Úteis Agenda de Eventos Publicidade

Hospitais Públicos Centros de Saúde Farmácias Serviço Emergências Associações Bibliotecas Museus Parques e Jardins Legislação Pessoas Desaparecidas