www.sem-idade.com
Portal do Avô - home homequem somoscomo anunciarnewslettercontactos
Directório de Serviços DEZ 17


Últimos Anunciantes:

    NOTÍCIAS



Necessidade de Boletim de Saúde do Idoso


Data:  16-06-2008     Fonte:  Destak



  A Alta-Comissária da Saúde, Maria do Céu Machado, destacou hoje a necessidade da criação de um Boletim de Saúde do Idoso juntamente com o desenvolvimento de outras políticas de humanização dos cuidados.

   "O Boletim de Saúde do Idoso é algo que devíamos defender, porque ajuda o médico no entendimento das patologias base do doente e da medicação que o idoso está a tomar", explicou a Alta-Comissária da Saúde, ao intervir, em Lisboa, numa conferência dedicada ao envelhecimento em Portugal.

   Maria do Céu Machado afirmou que Portugal devia seguir o exemplo de outros países que já têm este boletim para os idosos e que acaba por ajudar o médico no tratamento dos mais velhos.

   "Nós temos um Boletim de Saúde Infantil, onde anotamos todos os desenvolvimentos dos jovens até aos 18 anos, mas não temos um Boletim de Saúde do Idoso e o idoso por vezes não sabe dizer as doenças que tem nem a medicação que está a usar", explicou a Alta-Comissária.

   Maria do Céu Machado adiantou que a responsabilidade de criar políticas de saúde para a população envelhecida não é só do Ministério da Saúde: "A saúde tem que incentivar os outros ministérios a entender que é também da sua obrigação e responsabilidade, mas infelizmente, por exemplo, muitas das nossas escolas não têm ginásios nem no seu currículo programas de exercício físico".

   A responsável explicou, igualmente, a importância "da geriatria como uma possível sub-especialidade" na formação dos médicos, uma vez que "Portugal está classificado com uma população idosa elevada, mas com poucas possibilidades de treino em medicina de geriatria".

   A Alta-Comissária, ao referir-se à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNNCCI), defendeu também que, apesar de "queixas actualmente nos meios de comunicação de que não se tem camas suficientes, é preciso entender que este programa começou do nada e que se irá eventualmente ter todas as camas necessárias".


<< Notícia anterior               Notícia 221 de 228               próxima Notícia >>


 
Informações Úteis Agenda de Eventos Publicidade

Hospitais Públicos Centros de Saúde Farmácias Serviço Emergências Associações Bibliotecas Museus Parques e Jardins Legislação Pessoas Desaparecidas